domingo, 4 de junho de 2006

Garota enxaqueca

Hoje meu dia foi uma enorme escuridão, iluminada apenas por alguns flashes de vida cotidiana que entrecortavam meu sono maldormido.
Uma enxaqueca desgraçada me deixou offlife (sim, não é offline não, é offlife mesmo - sem noção da vida que me cercava), e quando eu, finalmente voltei ao normal, sob o incontestável poder dos analgésicos, percebi que muito havia mudado...
Meu pai, que estava presente nos meus sonhos, estava morto; eu tinha um filho a menos; não tinha um poodle preto e meu marido não estava dormindo...
Pensei nos efeitos mirabolantes que uma enxaqueca promove na mente.
Agora, bebendo uma Smirnoff Ice, fuço no MSN e lá está, um deserto de gente dormindo (ou se divertindo, sei lá) e eu aqui, a sós com essa tela fria, sentindo saudades do que eu nunca vivi...

Nenhum comentário: