quarta-feira, 14 de junho de 2006

MSP - Movimento dos sem-paixão

Puta que pariu!
Que saudadeeeeeeeeeee!!!!!!!!
Tou tão sozinha hoje. Nem pensando em putaria nem nada, só queria um aconchego, um colinho, um cafuné...
Na verdade, o que eu sinto falta é de estar apaixonada, de sentir aquele bichinho roendo por dentro, aquela vontade de ficar junto.
E o pior de tudo é não vislumbrar sequer a mínima possibilidade disso acontecer. Digo poder curtir uma paixão daquelas gostosas em que tudo é divertido, engraçado, apaixonante.
Por isso eu acabo de fundar o MSP - Movimento do sem-paixão. Aceito como membros todos aqueles que vivem uma vida morna, sem graça e que sente uma falta danada de uma paixão, de beijar em público, de mandar bilhetinhos de amor, de "esquecer" a calcinha embaixo do travesseiro...
A proposta é nos embriagarmos todos os dias e afogarmos nossas mágoas e dores de cotovelo em rodas de poquer, buraco e mau-mau (rs)...
Como tudo na vida é possível, é permitido aos membros a aproximação, porém, em caso de algum casal estar apaixonado, deverão deixar de frequentar as reuniões.
Sendo assim, fica aqui fundado e sacramentado o MSP.
Agora eu vou é dormir porque na falta de um fisio* quentinho, vai de cobertor e travesseiro mesmo....

Nenhum comentário: