quinta-feira, 1 de junho de 2006

Nossa, que coisa boa...

Hoje falei com meu fisio* no msn. Esse homem me tira a razão e o sossego.
Disse-lhe para vir à minha casa, mas ele enrolou e disse que não podia. E justo hoje, que eu to com tesão à flor-da-pele, qualquer coisa, uma brisa, um cheiro, um pensamento, um simples "amore", é capaz de me colocar a caminho do êxtase.
Nem fizemos virtual. Hoje os pensamentos estão tão confusos, não consigo me concentrar em nada, tamanho é o meu desejo hoje de fazer-lhe um sexo oral como se fosse uma bezerra faminta, sugando até me regozijar com o saboroso leite.

Mas como minha musa sexual foi dormir, pois estava cansadinho, fui pra cama e fiquei brincando com meus 10 amiguinhos. Aproveitei o clima e experimentei uma masturbação que eu nunca tinha experimentado antes: Mão direita manipulando clitóris. Mão esquerda, dedo medio e indicador na vagina e dedo anelar no ânus, que entrou facinho, graças à farta lubrificação que meu fisio* me proporciona só em teclar... Com movimentos sincronizados entrecortados por espasmos de prazer, cheguei a um orgasmo que nunca tinha experimentado antes, que eu batizei de "poliorgasmo" (hehehe). Não, não foram orgasmos múltiplos, daqueles que vêm de um em um não! Foi uma mistura dos 3 orgasmos diferentes que uma mulher pode ter, tudo de uma vez...todinho pra ele...

Não fossem alguns contratempos, a gente ia se encontrar amanhã, mas agora, vamos ter que planejar tudo de novo, e, quem sabe, não consigo repetir com ele um "poliorgasmo"...

Nenhum comentário: